13 de fevereiro de 2011

Rita, a avó que me ralhava por eu lhe partir as sardinheiras.

Ficaste pequenina pequenina, até que te foste embora.  Levaste os teus ossinhos pequeninos pequeninos,  e levaste as desculpas para vaguear em ninhos.
Adeus às ratazanas, e aos pássaros mortos atrás da porta vermelha.
Aos ovinhos.

1 comentário:

iPlagiator disse...

http://equideos-de-grande-porte.blogspot.com/