29 de agosto de 2010

INCONTORNÁVEIS
CHAGAS DA VIDA 

Não queria falar de má sorte, nem sequer de sorte nem de coisas em comum
Mas há 10 minutos atrás recusei uma ida à missa com o meu pai 
Saber que nenhum dos filhos inverte por esse caminho assalta-lhe a alma
Acabara de recusar tal oferenda 
quando deixo cair uma molhada de livros que insisto em meter uns em cima dos outros
 como se fossem uma coluna, em cima de um aquário que durante anos insisti em utilizar como suporte para por pincéis 
Como este ataque espirituoso me soube a fraquinho 
tentarei mais uma vez
Dá-me mais de ti vá lá!
Ao tirar os pincéis cortei o pulso num fino e estilhaçante triangulo de vidro
Merda, as coisas mais finas são as que metem mais impressão
Mas ainda não estou feliz 
insisto mais                           castiga-me com força!
Ah, agora sim 
 reparo que os livros derrubaram um copo onde tinha uma mistura de óleo termentina e óleo de linhaça 
coisas apenas nocivas e inflamáveis
.

5 comentários:

Catarina disse...

o teu blog é muito giro. adoro as imagens, como posso seguir-.te? se quiseres segue-me www.catarina-hotdog.blogspot.com

lastminutedreams disse...

achas que o senhor carlos me fazia as chapas :D? ahah , nice blog my love

lastminutedreams disse...

achas que o senhor carlos me fazia as chapas? ahah! nice blog my love

Catarina disse...

adoro mesmo ot eu nlog, tens cenas altamente ;) utilizas este o o outro ? desenhas mesmo bem!! eu tbm adoro leite ;D

Margarida Miguel disse...

obrigada por me estares a seguir. o teu blog é um espanto :)