15 de março de 2010

A lentidão com que as coisas más acontecem não serve para nada. É mesmo lento, ou parece ser lento?
Estou a olhar para um pano amarelo, seco, em cima da bancada. Mais teso que a minha carteira. Quase que me suplica para que o molhe.
Não me posso sentir mal. É apenas um pano.
E eu tão pouco gosto de amarelo.



[we love]PAINT

4 comentários:

P. disse...

Eu também tenho um pano amarelo tão seco que quando peguei nele estava preso na forma da torneira do lava-louças. Faz-me tanta pena ):

Amanhã vou-te abraçar.

Plagiator ;D* disse...

ines
fantastico
fizeste isto no paint
epa
adoro-te por isso

IN disse...

SIM! QUAL COREL QUAL QUEE!

D* disse...

Só tu para falares de panos amarelos ressequidos! Ahahaha